Aleitamento Materno em Fazenda Rio Grande recebe certificação internacional.

Aleitamento Materno em Fazenda Rio Grande recebe certificação internacional

- Aleitamento Materno em Fazenda Rio Grande recebe certificação internacional.

A Semana de Aleitamento Materno de Fazenda Rio Grande, realizada entre os dias 11 e 18 de agosto teve reconhecimento internacional. As atividades entraram no calendário mundial da World Alliance for Breastfeeding Action -Waba e nesta semana a Secretaria Municipal de Saúde recebeu o Certificado da Waba pelo trabalho realizado.  O Programa Gestar, que atende gestantes e mães e o Saúde nos Bairros foram os contemplados.

Segundo a coordenadora de Saúde da Mulher, Marcilene de Paula, o município tem concentrado esforços para inserir na sociedade a ideia e hábito do Aleitamento Materno.  “Em um mundo cheio de desigualdades, crise e pobreza, a amamentação é a base da boa saúde para bebês e mães”, disse.

A ação da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) foi inserida no calendário mundial de eventos da Semana do Aleitamento Materno da World Alliance for Breastfeeding Action -Waba e firmou seu compromisso em trabalhar pela causa da promoção a apoio à amamentação.

“Em agosto foram realizadas diversas ações envolvendo profissionais de saúde e a comunidade, tendo como meta o aumento das taxas de aleitamento, cujo ato  tem repercussões na queda da taxa de mortalidade infantil,  formação de vínculos afetivos entre mães e filhos, nutrição do bebê, entre outros inúmeros benefícios. Por estas ações recebemos um certificado da Waba”, concluiu.

Entre as ações que foram realizadas estão as palestras realizadas na Câmara de Vereadores e a blitz educativa no Jardim Veneza, por meio do Programa Saúde Nos Bairros em parceria com o Clube dos Desbravadores.

“O reconhecimento por parte da Associação nos incentiva sempre a melhorar e a alcançar cada vez mais pessoas dentro de nossos programas”, comentou o secretário da Saúde Rejomar Andrade.

As ações foram coordenadas por Marcilene de Paula e Priscila Castro, Coordenadora do Programa Gestar. Também foram treinados profissionais da Rede de Atenção Básica para a promoção do Aleitamento Materno.

Além disso, o aleitamento materno contribui para o alcance de metas das ODS que incluem: acabar com a fome, saúde e bem estar e empoderamento das mulheres.