Fazenda Rio Grande debate a Rede de Proteção às Famílias.

Fazenda Rio Grande debate a Rede de Proteção às Famílias

- Fazenda Rio Grande debate a Rede de Proteção às Famílias.

A aplicação das políticas públicas de Fazenda Rio Grande voltadas para a sociedade, especialmente às famílias, foi debatida na quinta-feira (21), no auditório do CEEP – Centro Estadual de Educação Profissional (Escola Técnica) com aproximadamente 300 pessoas.

O evento – organizado pela Comissão Intersetorial da Assistência Social (Maria Ferreira Garcia), Educação (Sirley de Castro) e Saúde (Caroline Pelanda e Marcilene de Paula), do Comitê Municipal de Proteção Integral à Família – reuniu autoridades de segurança, entidades da sociedade civil, representantes do Judiciário.

Além disso, reuniu profissionais da assistência social, educação e saúde e contou com a palestra “O Trabalho Essencial para o Fortalecimento da Rede de Proteção”, ministrada pela assessora do Centro de Apoio Operacional das Promotorias da Criança, Adolescente e Educação do Ministério Público do Paraná, Ângela Christianne Lunedo de Mendonça.

Segundo a diretora de Gestão Estratégica do SUAS, “os encontros giram  em torno da efetividade das políticas públicas, com foco nos eixos voltados principalmente para crianças e adolescentes, e incluem os programas Prefeito Amigo da Criança, Programa Família Paranaense, Rede Municipal de Proteção à Família e AEPETI (combate ao trabalho infantil), além de outros temas”, comentou.

O prefeito Marcio Wozniack  ressaltou o trabalho que vem sendo praticado pela Rede e destacou as recentes ações. “Debatemos na última semana o combate à violência contra os idosos, assim como também discutimos as questões que envolvem as crianças, estamos discutindo o fortalecimento da rede de proteção familiar, a sociedade ganha com isso”, analisou.

A delegada – adjunta de Fazenda Rio Grande, Gislaine Pineda, disse que a Delegacia terá, em breve, uma sala especial para audição qualificada. “Em parceria com a Prefeitura teremos um psicólogo para atender crianças e mulheres dentro de uma sala, com privacidade, que nos dará melhores condições de atuar”, disse.

Também participaram do evento a coordenadora da Divisão de Saúde Mental, Caroline Pelanda, a coordenadora da Divisão de Saúde da Mulher, Criança e Adolescente, Marcilene de Paula; o secretário de Saúde, Rejomar Andrade, a promotora da Vara da Infância, Renata Nascimento Silva; a diretora pedagógica da Secretaria de Educação, Célia Ianinski, o secretário de Governo, Beto Rocha, o vereador Policial Batista, a representante do Fórum, Ane Mari, além de profissionais de todos os setores e entidades.

 

 




Últimas Notícias