Fazenda Rio Grande fortalece o Turismo Rural.

Fazenda Rio Grande fortalece o Turismo Rural

- Fazenda Rio Grande fortalece o Turismo Rural.

Fazenda Rio Grande pode se integrar ao turismo paranaense. O secretário de Cultura e Turismo, José Roberto Zanchi, participou nesta semana, em Curitiba (PR), de uma reunião com o presidente da Paraná Turismo (PRTUR), Jacó Gimennes e a diretora técnica Deise Bezerra com o objetivo de preencher as condições exigidas pelo Ministério do Turismo para que possa passar a integrar o Mapa Brasileiro do Turismo e ingressar desta forma na IGR Rotas do Pinhão.

O diretor de Cultura e Turismo, Diego Gouveia, o diretor de Turismo, Jonathan Barbosa e o diretor de Agricultura, Eli Cesar Quirino também estiveram presentes.

Foram debatidos assuntos relacionados ao Mapa da Regionalização do Turismo que surgem com dois grandes desafios, o Espaço Gastronômico e o Território Eslavo.

“Através destes assuntos, surgirão outras oportunidades turísticas para a Fazenda Rio Grande. Assim que o Ministério do Turismo abrir novas alterações no mapa do Turismo, o município já terá trabalhado o Turismo como economia e assim terá grande chances de ser incluído no mapa da regionalização”, lembrou Gimennes.

Segundo Deise Bezerra, “a previsão é de que a nova alteração no mapa do Turismo será feita no ano de 2019”.

Segundo o secretário de Cultura e Turismo, José Roberto Zanchi,  “a reunião seguiu as diretrizes do prefeito Marcio (Wozniack), que ao criar a Secretaria de Cultura e Turismo, entende que Fazenda Rio Grande pode e deve pensar o Turismo como economia, gerando mais empregos e renda para nossa população”, disse.

O diretor de Cultura e Turismo, Diego Gouveia também considerou a reunião produtiva. “Nossa cidade está num período de grande desenvolvimento, e investir no Turismo pode ser uma alternativa positiva para complementar a nossa economia”, avaliou.

Já o diretor de Agricultura, Eli Cesar Quirino, ressalta as parcerias entre as entidades. “A Agricultura Familiar em Fazenda Rio Grande é predominante e tem caminhado bem graças a políticas públicas bem estabelecidas e com parcerias estratégicas com a Emater e o incentivo incondicional ao Associativismo, por isso já somos reconhecidos, agora chegou a vez de explorarmos as potencialidades rurais como um todo”, comentou.

“A criação do chamado “Território Eslavo” e a possível parceria com São José dos Pinhais faz nós fazendenses sonharmos com uma área rural planejada e pensada para as futuras gerações, onde o empreendedor rural possa ter a chance de estabelecer um negócio voltado a área de Turismo Rural”, comentou Eli.




Últimas Notícias