Fazenda Rio Grande promove a Semana do Trabalhador.

Fazenda Rio Grande promove a Semana do Trabalhador

- Fazenda Rio Grande promove a Semana do Trabalhador.

Teve início na segunda-feira (23) – com duração até o dia 27 -, a Semana do Trabalhador de Fazenda Rio Grande, comemorativa ao Dia do Trabalho (1º de maio). O evento conta com um café matinal servido a partir das 8 horas na Agência do Trabalhador, além de ações nas áreas da saúde, agendamentos e outras orientações. Com a chegada de novas empresas, o município tem gerado empregos a Agência do Trabalhador de Fazenda Rio Grande tem se destacado na colocação de pessoas no mercado na RMC.

O prefeito Marcio Wozniack ressaltou as comemorações e disse que o desenvolvimento de Fazenda Rio Grande tem exigido também qualificação de mão de obras. “São pessoas que com os cursos ofertados pela Secretaria do Trabalho, parcerias, têm condições de qualificar, capacitar nossa mão de obra para que possamos encaixar cada vez mais vocês dentro do nosso mercado”, disse.

Segundo ele, novas empresas estão chegando e sempre que isso acontece elas recorrem à Agência local. “Muitas vezes falta a qualificação que nos pedem, por isso estamos sempre ampliando as ofertas de cursos e o incentivo ao estudo”, comentou.

A secretária Irani Santos, reafirmou o compromisso da Secretaria junto à população. “Temos uma equipe qualificada que atende a todas as pessoas e fazem uma incessante busca pelas vagas, além do agendamento com a empresas, carteiras de trabalho, ou seja, estamos ampliando e melhorando cada vez mais nosso trabalho para que possamos gerar mais oportunidades para todas”, analisou.

O secretário de Assistência Social,José Roberto Zanchi disse que a iniciativa é muito boa. “Uma ação dessas é positiva, muitos estão fora do mercado, porém, são todos trabalhadores e podem depender cada vez menos dos serviços e recursos do município”, disse.

Para Dirce Aparecida Ferreira, que busca vaga de operadora de máquinas ou auxiliar de produção, a Semana oferecida pela Secretaria será muito produtiva. “Tenho a esperança de conseguir uma colocação no mercado, estou me preparando para isso”, comentou.

Na opinião de Sebastião Pereira, operador de empilhadeira, os sete meses sem emprego pode estar chegando ao fim. “Estou me atualizando em tudo, como disse o prefeito, o dinheiro precisa ficar aqui, espero conseguir um trabalho agora e produzir”, analisou.

O café é idealizado pela Secretaria do Trabalho, Agência do Trabalhador e conta com o apoio da Secretaria de Assistência Social, Secretaria de Urbanismo, Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Plastilit, Muffato, Rudegon, Instituto Mix, Nichele e Boza.