Fazenda Rio Grande se previne contra febre amarela.

Fazenda Rio Grande se previne contra febre amarela

- Fazenda Rio Grande se previne contra febre amarela.

Fazenda Rio Grande está preparada e já se previne para evitar qualquer caso de febre amarela. O secretário de Saúde, Rejomar Andrade disse que a população pode ser imunizada e também ressalta a importância dos moradores evitarem em suas casas possíveis focos. “A Prefeitura está fazendo sua parte e será importante a população também ajudar nessa questão, evitando focos, como água parada, em suas casas”, comentou.

A febre amarela é uma doença infecciosa causada por vírus e transmitida por vetores, mosquitos, sendo o principal o Aedes aegypti, é importante lembrar que os macacos não são transmissores, os animais são vitimas e ainda podem servir de alerta para o aparecimento da doença no município, pois sãos os primeiros afetados.

Fazenda Rio Grande não é considerada área endêmica da doença, ou seja, não há circulação do vírus na cidade, sendo que no município, até o presente momento, não houve nenhum caso registrado.

“Para que Fazenda Rio Grande continue livre da doença devemos nos prevenir, realizando a vacinação e combatendo o seu vetor”, reforça Rejomar.

As unidades de saúde do município possuem doses da vacina disponíveis, sendo adotado um sistema de rodízio para aplicação, evitando o desperdício da mesma, visto que o frasco após aberto possui um prazo de validade de 06 horas, e para que a unidade não tenha suas atividades diárias afetadas, abaixo segue calendário com o dia de aplicação em cada unidade básica de saúde. A vacinação é indicada para crianças a partir dos 09 meses e adultos até os 59 anos, sendo que gestantes, lactantes e idosos devem procurar avaliação médica, para verificar risco/beneficio, antes da aplicação.

Vale lembrar que é necessária apenas uma dose da vacina para garantir a imunidade por toda a vida, ou seja, quem realizou a vacinação em outro período já esta imune e não precisa de nova dose.  No caso de não possuir a vacinação procure a unidade de saúde mais próxima no dia da semana em que a aplicação está ocorrendo, e quando for viajar para áreas com incidência da doença a vacina deve ser aplicada 10 dias antes para garantir a imunização.

Como a transmissão urbana da febre amarela só é possível através da picada de mosquitos, principalmente o Aedes aegypti, a prevenção da doença deve ser feita evitando sua disseminação. Os mosquitos criam-se na água e proliferam-se dentro dos domicílios e suas adjacências. Qualquer recipiente como caixas d’água, latas e pneus contendo água parada são ambientes ideais para que a fêmea do mosquito ponha seus ovos, de onde nascerão larvas que, após desenvolverem-se na água, se tornarão novos mosquitos, por isso é importante que todos façam a sua parte e evitem o acúmulo de água parada.