Seminário em Fazenda Rio Grande debate o Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Seminário em Fazenda Rio Grande debate o Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

- Seminário em Fazenda Rio Grande debate o Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Fazenda Rio Grande se mobilizou para debater suas políticas públicas e também novas ações a serem usadas contra o Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, tema do Seminário realizado na sexta-feira (25), no Jockey Club. Além dos debates, também foram realizadas palestras com a psicóloga Adriana Turbay e o artista Guilherme Jaccon.

O prefeito Marcio Wozniack ressaltou a importância do encontro. “Queremos ampliar ainda mais esses  debates, envolver não apenas órgãos municipais, mas também entidades e a sociedade como um todo para a urgência e importância desse tema”, comentou.

O evento também faz parte da série de ações voltadas para a  certificação do município dentro do Programa Prefeito Amigo da Criança.

O secretário de Assistência Social José Roberto Zanchi destacou a rede de proteção feita em relação às crianças e adolescentes. “Essas ações devem ser constantes, pois essa é uma das maiores violências e estamos atentos a isso, fortalecendo cada vez mais nossos serviços”, disse.

O secretário de Educação, Professor Ednelson Sobral, falou sobre os índices que apontam essa violência dentro das próprias casas. “Apenas 6% de casos têm notificações, precisamos fortalecer esse trabalho e um seminário como esse é um dos caminhos a serem seguidos”, disse.

A vice-presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente e coordenadora da Proteção Especial, Denise Grebos, lembrou os trabalhos e políticas públicas em que atuam em conjunto com a Prefeitura.

“Temos atuado de forma consistente, queremos atrair ainda mais a sociedade, os pais, para esse debate, pois é uma situação grave e que temos sim que debater fortemente atuando na prevenção”, comentou.

Também participaram do evento a psicóloga Adriana Turbay, que falou sobre a necessidade do “diálogo maior dentro da família, das escolas, onde devem ser discutidos alguns tabus, como a questão da educação sexual”, comentou.

O artista Guilherme Jaccon ressaltou o debate nas escolas e o diálogo dentro da família. “Além disso precisamos saber lidar com as redes sociais que entrou em nossa sociedade e deve ser debatida”, disse.

Antes dos debates, as jovens Maria, Ana, Luciane, Luciele e Natasha apresentaram um espetáculo musical sob o som do violonista Fabio Batista.

O presidente da Câmara de Vereadores, Julinho Theodoro, o secretário de Saúde, Rejomar Andrade, a presidente do Conselho Tutelar, Juliana Theodoro, a coordenadora do Creas, Carolina Chueire, a diretara da Educação, Geonice Araújo, da Secretaria da Mulher, Ana Lucia Pacheco, a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Vanessa Romero, a coordenadora da Divisão de Saúde Mental, Carolina Pelanda, Marcilene de Paula, a vereadora Isabel Baran, a comandante da Guarda Municipal Ilda Soares, representantes do CADI, Centro Social Marista Irmão Henry, Centro de Defesa da Infância e profissionais da Saúde, Assistência Social e da Educação também atuaram nos grupos de discussões.