Dia Mundial do Doador de Sangue lembra: “Este ato salva vidas”.

Dia Mundial do Doador de Sangue lembra: “Este ato salva vidas”

- Dia Mundial do Doador de Sangue lembra: “Este ato salva vidas”.

Celebrado no dia 14 de junho de cada ano, o Dia Mundial do Doador de Sangue é uma oportunidade para agradecer aos doadores voluntários e não remunerados por esse presente que pode salvar vidas. Além disso, a data serve para conscientizar sobre a necessidade de se fazer doações regulares de sangue para garantir que todos as pessoas tenham acesso a produtos sanguíneos acessíveis e seguros.

No Brasil, 1,8% da população se dispõe a doar sangue, enquanto o ideal seria 5%, portanto, o trabalho de conscientização deve continuar sempre ativo.

As transfusões de sangue e de seus componentes ajudam a salvar milhões de vidas todos os anos. Contribuem também para que os pacientes com doenças potencialmente mortais, vivam por mais tempo e com melhor qualidade de vida, além de possibilitarem intervenções médicas e cirúrgicas complexas. As transfusões têm uma função vital no atendimento materno-infantil, na gravidez e na resposta de emergência no caso de desastres naturais ou causados pelos seres humanos.

Para doar sangue, a pessoa deve estar enquadrada dentro de algumas características específicas, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS):

  • Homem ou mulher;
  • Entre 16 e 68 anos;
  • Ter acima de 50 quilos;
  • Não ter Hepatite B, Hepatite C, Doença de Chagas, Sífilis, AIDS (HIV), HTLV;
  • Estar bem alimentado e descansado;
  • Esperar entre 90 e 180 dias após o parto para mulheres grávidas;
  • Se estiver gripado, esperar no mínimo 7 dias após a recuperação para poder doar;
  • Após uma doação, as mulheres devem esperar 90 dias para fazê-lo novamente; enquanto os homens devem esperar 60 dias.

Para doar sangue, o candidato deve apresentar um documento original, com foto, expedido por órgão oficial, como Carteira de Identidade (RG), Carteira órgão de classe (Coren, CRM, Crefito, CRO, CREA e outros), Carteira de Trabalho, Carteira de Habilitação (CNH), Passaporte.

Se você está entre os que reúnem as condições necessárias para se tornar um doador e quer prestar este ato de solidariedade e cidadania, procure o Hemepar em Curitiba que é referência a todos os doadores de Curitiba e Região Metropolitana.

Endereço do Hemepar: Travessa João Prosdócimo, 145 – Alto da XV

Telefone: (41) 3281-40-00

Horário para realizar a doação de sangue: de 2ª a 6ª feira – 07h30 às 18h30.

Sábados: 08h00 às 18h00.

PARA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE DOAÇÃO DE SANGUE, LIGUE PARA O DISK- SANGUE

(41) 3262-76-76 ou 0800-645-45-55

  “Todas as pessoas que podem doar sangue devem considerar a possibilidade de se tornarem doadores e doadoras regulares, voluntários e não remunerados para que todos, caso um dia precisarem possam contar com suprimentos de sangue adequados.”

 

Fonte: Nelcelí Garcia.

Diretora de Vigilância em Saúde Municipal de Fazenda Rio Grande