Fazenda Rio Grande adota sistema drive-thru para vacinação contra a Influenza.

Fazenda Rio Grande adota sistema drive-thru para vacinação contra a Influenza

- Fazenda Rio Grande adota sistema drive-thru para vacinação contra a Influenza.

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe Influenza iniciada na segunda-feira (23), e que tem priorizado os idosos e profissionais de saúde nesta primeira fase, passou a ser realizada também pelo sistema drive -thru  – na frente da Prefeitura – o qual a pessoa não precisa deixar  o veículo para ser vacinada. A blitz de vacinação imunizou 300 idosos e mobilizou, além da Saúde, a Guarda Municipal e a Faztrans.

Um dos objetivos é evitar aglomerações nas unidades básicas de saúde e dessa forma se prevenir melhor contra os perigos do coronavírus. No primeiro dia de vacinação foram imunizados 2.400 idosos e nesta terça-feira mais 1.200, sendo que 300 doses foram aplicadas pelo novo sistema. A previsão é de que cheguem mais doses da Secretaria de Estado da Saúde ainda nesta quarta-feira (25).

Joaquim Antônio de Souza, 63 anos, foi o primeiro a ser imunizado. “Foi uma boa ideia essa de vacinar no carro, nos dá mais conforto e além disso, com a atual situação, mais segurança, pois evita que fiquemos nas filas”, comentou.

A secretária de Saúde Irani Santos, ressaltou a importância da vacinação. “As pessoas idosas não podem se expor e essa foi uma forma de tranquilizá-las”, disse.

O prefeito Marcio Wozniack elogiou o trabalho realizado pelas equipes. “Estamos cuidando de nossa população da melhor idade com toda a atenção que ela merece”, comentou.

O dia “D” de mobilização nacional para a vacinação está marcado pelo Ministério da Saúde para dia 9 de maio (sábado). Neste ano, a campanha foi antecipada de abril para março para reforçar a proteção aos públicos prioritários contra os vírus mais comuns da gripe.

Todas as Unidades de Saúde de Atenção Primária de Fazenda Rio Grande estão realizando a vacina. Considerando o momento de risco para o Coronavírus, as Unidades estão organizando o fluxo de pessoas conforme as especificidades locais de cada área. As fases da Campanha seguirão conforme cronograma de datas estipuladas pelo Ministério da Saúde:

A partir de 23/03/2020: pessoas a partir de 60 anos ou mais e trabalhadores da saúde;

A partir de 16/04/2020: professores, profissionais das forças de segurança e salvamento, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais;

A partir de 09/05/2020: crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes, puérperas (mulheres que tiveram filhos nos últimos 45 dias), indígenas, jovens entre 12 a 21 anos sob medida socioeducativa, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e adultos entre 55 e 59 anos de idade.

Essas datas definem o início da vacinação por grupo, sendo que, a partir da data início, a vacina continua para todos os grupos até o dia 22 de maio, data definida para o encerramento da campanha.

A vacina é composta por vírus inativado e protege contra os três vírus que mais circularam no Hemisfério Sul em 2019: Influenza A (H1N1), Influenza B e Influenza A (H3N2).

A meta do município é vacinar pelo menos 90% de cada grupo prioritário.