Fazenda Rio Grande valoriza educadores no Dia Mundial de Conscientização do Autismo.

Fazenda Rio Grande valoriza educadores no Dia Mundial de Conscientização do Autismo

- Fazenda Rio Grande valoriza educadores no Dia Mundial de Conscientização do Autismo.

A valorização e educação dos portadores de autismo foram os temas discutidos no Dia Mundial da Conscientização do Autismo, comemorado dia 2, com um ciclo de palestras de especialistas e juristas no Teatro Municipal que reuniu 150 pessoas entre pais e educadores da rede municipal que trabalham com autistas. O prefeito Marcio Wozniack ressaltou o trabalho feito pela Secretaria Municipal de Educação, coordenada pelo Professor Ednelson Sobral e a Associação Convivendo e Aprendendo com o Autismo de Fazenda Rio Grande (Acaaut), presidida por William Barbosa.
“O trabalho que hoje realizamos nada seria se não fosse a união de todos os poderes e se hoje somos referência é porque a Associação tem realizado um trabalho sério, assim como a gestão que tem sido transparente e investido recursos para a cidadania desse seleto grupo”, comentou.
Fazenda Rio Grande tem sido referência pelo tratamento dado às crianças por meio do Centro Municipal de Atendimento Educacional Especializado (Cmaee) e em breve deve contar com leis – já encaminhadas para a Câmara de Vereadores – que valorizam ainda mais e garantem direitos, como a criação de um símbolo que garantirá atendimento especial e a criação da Semana Municipal do Autismo.
O secretário Professor Ednelson Sobral apresentou números sobre o autismo e disse que e rede pública contava com 70 autistas há a alguns anos, mas hoje já tem 145 e outros 30 que estão sendo observados. “Agradeço à sensibilidade de todos os profissionais que desenvolvem esse trabalho, pois graças a ele somos referência no Estado do Paraná”, analisou.
“A Prefeitura disponibiliza um profissional para acompanhar cada aluno Autista da nossa Rede de Ensino e essa ação, possibilita maior interação e troca de experiências com as famílias e por conseguinte, um melhor atendimento aos autistas”, comentou.
A diretora da Educação, Geonice Araújo destacou o trabalho realizado pelas educadoras (es). “Além do acompanhamento, temos também investido na capacitação, qualificação de todas profissionais para que possamos sempre ter esse entendimento sobre o autismo e aplicar as melhores práticas no cotidiano”, falou.
Para o presidente da Accaut, William Barbosa, o dia Mundial permite que se debata o tema com mais intensidade e ajuda na conscientização da sociedade. “É uma forma de melhorarmos, por meio dessa discussão, não apenas o cuidado diário, as ações, mas levar essa discussão para toda a sociedade”, disse.
A advogada Hanna Batista, que é militante da causa do autismo, a terapeuta ocupacional Emelin Cristina da Silva, a neuropediatra Mariane Wehmuth e o geneticista Salmo Raskin realizaram palestras.
Também participaram do evento a diretora de Gestão Valéria Mello, que representou a Secretaria de Assistência Social, o vereador Dudu Santos, o secretário de Saúde Rejomar Andrade; Magda Giarolo, Chefe da Divisão de Educação Especial, Eliane Rocha, diretora do Cmaee e a pedagoga Benedita Santos, as professoras e pais de alunos autistas.




Últimas Notícias